Sunday, September 25, 2016

Carta de um irmão distante... ou os 13 aninhos da Maria!

Olá maninha,

Tudo bem por aí? Por aqui o sol ainda brilha. Estão 32º graus na rua e o vento vai fazendo bailar as verdes folhas das árvores que vejo da minha janela. No meu quarto estão 25º graus e harmoniosas composições de Dvorak vão enchendo o meu ouvido. 13 aninhos Maria! Uma idade bonita, para uma princesa ainda mais bonita.

Estás agora naquele momento em que tudo muda e em que parece que és apenas o somatório de muitas negações. Ainda não és adolescente, já não és criança e ainda não és adulta. Não falta muito para que tenhas mais perguntas do que respostas e para que comecem a pedir mais e mais e mais... Escolhe isto; decide aquilo; resolvo aqueloutro.

13 aninhos Maria! Estás naquele momento em que começas a querer experimentar autonomia. Em que queres deixar de ser apenas a irmã ou a filha, para passares a ser a Maria. 13 aninhos Maria! E um mundo de oportunidades por explorar, com esse teu sorriso simpático e com esse olhar muito teu de quem vê o mundo com outras cores.

13 aninhos Maria! O que mais aprecio em ti é a naturalidade da tua originalidade. Essa capacidade muito tua de descobrir beleza no ordinário; de transformar a rotina em extraordinário; de transformar em gargalhada o enfado. Podes até estar na fase das múltiplas negações, mas és em ti criadora de ternura e de universos fantásticos.

Seria de esperar que te escrevesse uma carta com conselhos. Que te falasse dos meus 13 anos e extraísse lições e ilações, mas não o faço. Os 13 anos que hoje celebramos são teus e não meus. O caminho que hoje começa é também teu, que o meu segue outro percurso. 13 aninhos Maria! E mesmo de longe acordei com um sorriso no rosto. O sorriso de quem tem a felicidade de te ter por irmã.

13 aninhos Maria! E quando soprares as velas e pedires um, dois, quatro, sete ou treze desejos, deseja apenas poderes ser Maria. Porque não precisas de mais nada para ser feliz. São 13 aninhos Maria! E amanhã, com os presentes já abertos e já sem mensagens no facebook por ler, irei continuar a celebrar-te aqui de longe. Porque a distância não diminui o amor e a saudade apenas aumenta o carinho!

Feliz aniversário Maria!

No comments: