Wednesday, April 03, 2013

E o Miguel descobriu o Miguel...

Miguel Relvas, o mais impopular e um dos mais mediatizados Ministros do actual Governo de Portugal, veio a público revelar o Embaixador (título generoso!) do programa Impulso Jovem. Miguel Relvas chamou para rosto do programa o (supostamente!) mediático Miguel Gonçalves.

É certo que todos os meios de Comunicação Social dizem que Miguel Gonçalves é um pequeno furor nas redes sociais, mas é igualmente certo que a maioria dos media nacionais tende apenas a copiar o que a LUSA escreve quando compete a matérias de Governo. E, deixem-me sublinhar, que não duvido que Miguel Gonçalves fosse conhecido mas que eu o desconhecia, "ai desconhecia, desconhecia"!

Miguel Gonçalves é um caso estranho! A sua escolha até poderia ter sido um golpe de marketing, mas quer-me parecer que foi um tiro ao lado. Miguel Gonçalves acha que é fácil, diz ele, um jovem fazer 100€ por mês a vender pipocas e limonada. Oh meu caro não sei onde tem vivido, mas quer-me parecer que o excesso de filmes de Hollywood lhe fizeram muito mal.

Miguel Gonçalves acha mesmo que um jovem que é incapaz de pagar as suas propinas, porque afinal tem apenas de reunir 100€ por mês, é um projecto de adulto com defeito... Eu entendo o pensamento de quem se quer arvorar a empreendedor nato, mas sou critico da pose arrogante e do divismo desnecessário de quem não sabe sequer responder a perguntas fora do guião.

Miguel Gonçalves diz, entre inúmeras barbaridades, que teve um pai soviético... Gostaria eu, investigador com Doutoramento centrado em Estudos Soviéticos e Pós-Soviéticos, de saber o que é um pai soviético? Nem o projecto do homo sovieticus se concretizou; nem a noção de parentalidade se homogeneizou no espaço soviético... Pelo que gostaria de saber o que é isso mesmo?

Não responda, meu caro Miguel Gonçalves! Um pai soviético, conceito inexistente, é o que explica a realidade irreal de quem não vive no seu país. De quem se iludiu com algum mediatismo fácil e se acha mais, muito mais, do que é na realidade. Miguel Gonçalves é de resto a escolha óbvia de alguém como Miguel Relvas. É mais um filho do chico-espertismo ultraliberal... E o Fidalgo por aqui se fica, que tenho limonada por vender. -.-'

No comments: