Wednesday, September 27, 2006

Olá colegas! Agora que o horário pegou fogo, eu vou ver o que consigo fazer. Havemos de ter Fotojornalismo, não se preocupem que eu não vou baixar os braços. Mas a eleição do Representante tem sempre que ser feita, para respeitar principios democraticos. Agoora vamos aos ultimos dias que vivemos no Brasil:

Dia 20 de Setembro:

Começou o curso de Correspondente de Guerra. Acordados muito cedo, eu e a Silvia fomos conduzidos até às instalações do Comando Militar da Amazonia, onde nos serviram o café da manhã. Toda a manhã foi preenchida com palestras e com sonecas... :)
A tarde foi passada no jornal A Critica, enquanto a Silvia quis um programa mais "light". Foi descansar para o apartamento. Foi uma tarde muito engraçada, passada entre o pessoal da editoria de Cultura do jornal... Ainda dizem que eu sou louco! Deviam conhece-los... heheheheheh!
A noite não trouxe surpresas...

Eu volto com mais novas!
O vosso amigo e cavaleiro,
Tiago Lopes
O Fidalgo

Wednesday, September 20, 2006

Olá mundo portugues! As aventuras aqui no Brasil continuam a bom vapor. "Aventura em Manaus: um louco e uma sonolenta" vai para mais um bloco de novidades!

Dia 18 de Setembro:

Completamente curado da ressaca de sábado, pude esperar pela Prof. Tarciluce, que se atrasou. Isto de não cumprir horarios, é um hábito sem pátria. hihihihihi! Pela manhã visitamos a Radio Difusora. Pudemos ver os estudios de emissão AM e FM e ainda falamos com a Directora. Recebemos uma t-shirt da Rádio Difusora e vimos a vista maravilhosa do edificio.
Almoçamos e fomos para a cidade de Manaus, fazer umas compras para o nosso apartamento e visitar alguns locais desconhecidos, desta grande cidade. Ao fim da tarde, quase noite, fomos ter aula com o fabuloso prof. Ricardo Lins. Assistimos a dois trabalhos e estou convidado a participar num trabalho que vai ter na proxima semana. A noite foi mais calma... Na minha opinião, calma demais!!!! :)

Dia 19 de Ssetembro:

O dia de hoje tem nome "A Critica". Se não me engano é o jornal com a maior tiragem e a maior taxa de leitores em Manaus e nós iamos passar o dia todo neste orgão. Pela manhã conhecemos o Director, o redactor-chefe, o director de circulação e o chefe de produção. Eles imprimem o jornal numas máquinas enormes. Simpáticamente encheram-nos de brindes, desde t-shirt's, a dvd's, a cd's... Uma loucura!
A tarde foi diferente... E ainda melhor! A Silvia foi para a "rua" com a editoria de "Cidades" e eu fui com os de "Bem viver" (cultura). Os jornalistas Omar e Jony Clay foram simplesmente maravilhosos comigo. Só tenho a agradecer. Adorei todos os segundos! Voces sao maravilhosos.
A noite serviu para ir ao rodisio de sopas e voltar para casa... o dia seguinte começa o curso promovido pelo Exercito... Correspondente de Guerra!!! LOUCURA

Beijos e abraços para todos,
Eu sou Tiago Lopes,
o vosso querido
O Fidalgo

Monday, September 18, 2006

Olá! Eu não me esqueci de voces, mas isto nem sempre dá para vir à Internet! Mas continuemos com o diário, deste mes no Brasil!

Dia 15 de Setembro:

A manhã foi passada na Nilton Lins (a universidade que nos acolhe). Era o momento de ver o que iamos fazer nos proximos dias e foi a altura em que pude dar um "salto" pela Internet. Uma manhã super relax. O almoço foi fora da universidade. Fomos comer peixe de Manaus, num restaurante self-service com música ao vivo. Provei tambaqui e pirarucu (os nomes dos peixes). É verdade que são peixes feios, mas são uma delicia. E olhem que eu nem gosto de peixe.
A tarde voltou a ser calminha, com mais algumas horas de relax. (Pelo menos para mim, que não desespero com tudo). As 18h conhecemos o prof. Ricardo Lins com quem tivemos duas aulas: "Introdução aos Media" e "Comunicação Visual". Recebidos pelos alunos de forma carinhosa e com uma curiosidade simpática, pudemos ver como este professor consegue misturar conhecimento e diversão. Faziam falta professores destes em Portugal... Uma loucura!
A noite serviu para comprar umas coisas básicas. Eu voltei a ver televisao, a ler Gabriel Garcia Marquez e a escrever, enquanto a Silvia queria dormir... Opções!!!

Dia 16 de Setembro:

Sábado! Dia com actividades... Isto por aqui não há fim de semana. Pela manhã voltamos à MTV, com o Prof. Ulysses, para assistir ao debate sobre a montagem de um programa que irá estrear em breve. O primeiro programa regional, emitido pela MTV. OLHEM a honra! O almoço aconteceu numa hamburgueria, ja acompanhados do prof. Ricardo Lins, que iria estar responsavel pelas actividades da tarde! Fomos para o centro de Manaus. A Silvia ficou no grupo de Fotografia e eu no grupo de Fotojornalismo. Mais uma montanha de amizades com gente bonita e interessante. Destaque especial para Abraão! ÉS um querido. hehehehehehe Depois de fazermos um percurso pela cidade, enquanto fotografavamos muitas coisas, fomos tomar um sorvete e voltamos a casa, para nos arranjar. Sabado à noite, seja em que lugar do mundo for, é noite para sair.
O prof. André, que tambem foi super simpatico, levou-nos à festa da Bondade. Uma festa onde todos os lucros revertem a favor de um instituição que apoia as crianças com sindrome de down! Uma beleza. Comemos num restaurante improvisado, onde imperava a loucura e a boa disposição. Quando descobriram que eramos portugueses, viramos o centro do mundo! E eu que adoro isso! hihihihihihi Terminada a refeição fomos a um bar fantastico. A silvia, entretanto, foi para casa, mas eu fiquei. Desafiado a beber, pelo prof. André, fiquei mais um bocado (tinha que defender a honra da ESTATUNA). Os detalhes do resto da noite ficam em segredo divino...

Dia 17 de Setembro:

Domingo... Eu ressacado... A chover a potes... Um calor abrasador. A manhã e a tarde foram iguais à noite. Andar por casa, ouvir "Pussycatt dolls" (o unico CD de musica que tenho) trezentas vezes, e beber toneladas de água. Nada de extraordinário... Pela noite melhorei e dediquei-me a ver filmes, porque teho tv cabo no meu quarto! Um domingo de repouso, que a segunda-feira vem aí!

Eu depois dou mais novidades... Beijocas para todos!

Eu volto,
O Fidalgo
Olá! Eu não me esqueci de voces, mas isto nem sempre dá para vir à Internet! Mas continuemos com o diário, deste mes no Brasil!

Dia 15 de Setembro:

A manhã foi passada na Nilton Lins (a universidade que nos acolhe). Era o momento de ver o que iamos fazer nos proximos dias e foi a altura em que pude dar um "salto" pela Internet. Uma manhã super relax. O almoço foi fora da universidade. Fomos comer peixe de Manaus, num restaurante self-service com música ao vivo. Provei tambaqui e pirarucu (os nomes dos peixes). É verdade que são peixes feios, mas são uma delicia. E olhem que eu nem gosto de peixe.
A tarde voltou a ser calminha, com mais algumas horas de relax. (Pelo menos para mim, que não desespero com tudo). As 18h conhecemos o prof. Ricardo Lins com quem tivemos duas aulas: "Introdução aos Media" e "Comunicação Visual". Recebidos pelos alunos de forma carinhosa e com uma curiosidade simpática, pudemos ver como este professor consegue misturar conhecimento e diversão. Faziam falta professores destes em Portugal... Uma loucura!
A noite serviu para comprar umas coisas básicas. Eu voltei a ver televisao, a ler Gabriel Garcia Marquez e a escrever, enquanto a Silvia queria dormir... Opções!!!

Dia 16 de Setembro:

Sábado! Dia com actividades... Isto por aqui não há fim de semana. Pela manhã voltamos à MTV, com o Prof. Ulysses, para assistir ao debate sobre a montagem de um programa que irá estrear em breve. O primeiro programa regional, emitido pela MTV. OLHEM a honra! O almoço aconteceu numa hamburgueria, ja acompanhados do prof. Ricardo Lins, que iria estar responsavel pelas actividades da tarde! Fomos para o centro de Manaus. A Silvia ficou no grupo de Fotografia e eu no grupo de Fotojornalismo. Mais uma montanha de amizades com gente bonita e interessante. Destaque especial para Abraão! ÉS um querido. hehehehehehe Depois de fazermos um percurso pela cidade, enquanto fotografavamos muitas coisas, fomos tomar um sorvete e voltamos a casa, para nos arranjar. Sabado à noite, seja em que lugar do mundo for, é noite para sair.
O prof. André, que tambem foi super simpatico, levou-nos à festa da Bondade. Uma festa onde todos os lucros revertem a favor de um instituição que apoia as crianças com sindrome de down! Uma beleza. Comemos num restaurante improvisado, onde imperava a loucura e a boa disposição. Quando descobriram que eramos portugueses, viramos o centro do mundo! E eu que adoro isso! hihihihihihi Terminada a refeição fomos a um bar fantastico. A silvia, entretanto, foi para casa, mas eu fiquei. Desafiado a beber, pelo prof. André, fiquei mais um bocado (tinha que defender a honra da ESTATUNA). Os detalhes do resto da noite ficam em segredo divino...

Dia 17 de Setembro:

Domingo... Eu ressacado... A chover a potes... Um calor abrasador. A manhã e a tarde foram iguais à noite. Andar por casa, ouvir "Pussycatt dolls" (o unico CD de musica que tenho) trezentas vezes, e beber toneladas de água. Nada de extraordinário... Pela noite melhorei e dediquei-me a ver filmes, porque teho tv cabo no meu quarto! Um domingo de repouso, que a segunda-feira vem aí!

Eu depois dou mais novidades... Beijocas para todos!

Eu volto,
O Fidalgo

Friday, September 15, 2006

E aqui está o dia 14 de Setembro:

Pela manhã, depois de um banho e de um pequeno-almoço maravilhoso, fomos até à TV Cultura. Recebidos com muita simpatia, podemos ver o interior da produção e acompanhar um programa em directo. Eu ainda conheci um escritor famoso, que adora Portugal e (parece mentira) conhece Abrantes. Não pudemos fotografar o estúdio, por causa do programa, mas fotografamos a produção.

O almoço foi num centro comercial o "Studio 5", numa área de refeições multi-usos. Escolhemos a comida chinesa. Foi uma refeição muito engraçada, onde coonhecemos uma das filhas, e o filho da prof. Tarciluce a nossa orientadora. Ela já disse que "vai levar a Silvia a sair à noite." Eu estou a arranjar um grupo, para sair comigo. Vamos ver...

Pela tarde visitamos a MTV, num tour relampago, pois os estudios estavam apinhados de gente. Nem deu para tirar fotografias... A simpatia voltou a imperar. A noite foi no apartamento, depois de jantarmos na Universidade. Eu fiquei toda a noite a ler, a escrever e a ver a tv brasileira. A Silvia foi directamente para a cama! O dia de hoje mal despontou... Amanhã trago mais novidades.

O Fidalgo

Thursday, September 14, 2006

Olá todos! Aqui vai um pequeno diário dos nossos primeiros dias.

Dia 11 de Setembro:

Viagem de 12 horas até Manaus. Uma das maiores torturas de sempre... Já estava farto de ver nuvens, até porque nunca vi o super-homem... Chegamops já passavam das 2 da manhã e estavam 28 graus... Calor é o que não falta em Manaus.
Dormimos a primeira noite num hotel de 4 estrelas (é verdade, verdadeiros principes europeus) em quartos separados... Foi no hotel Da Vinci! Um luxo.

Dia 12 de Setembro:

Pelas 11 horas foram-nos buscar ao hotel! Viemos para o complexo universitário que tem, 1 000 000 de metros quadrados... Gigantesco! Conhecemos um monte de pessoas. Reitora, vice-reitora, directores, coordenadores, professores, funcionarios. Milhões de nomes, que ainda não decoramos. Pela tarde tivemos direito a massagem, que os alunos de fisioterapia nos deram. Eeu até tive direito a óleos relaxantes. Acho que os vou levar para Portugal connosco.
Pela noite fomos para o apartamento onde ficamos este mes. Eu fiquei no quarto melhor... Cama de casal, com casa-de-banho privada, televisão, aparelhagem, DVD. A Silvia ficou num quarto com cama singular, sem tv, sem dvd, sem aparelhagem, e com a casa-de-banho fora do quarto. E as 8 horas cada um foi para o seu quarto... O dia seguinte ia ser o primeiro com actividades!

Dia 13 de Setembro:

9h foram-nos buscar, depois de termos tomado o pequeno-almoço no nosso apartamento. Pelo caminho para a universidade a Prof. Tarciluce (um anjo de senhora) comprou-me abacaxi! Ainda não o comi, mas cheira bem... Dá água na boca. Tivemos todo o dia na agencia de noticias da universidade. Eu até fiz um pequeno filme, com a minha voz. Vou levar para Portugal e depois mostro. Foi muito interessante conhecer as relações entre jornalistas e assessores de imprensa. Pelas 20h a Silvia foi para o apartamento, já cansada, e eu segui para uma palestra com um politico. Muito interessante. Aqui no Brasil as eleições são alturas complicadas. O candidato era muito inteligente, ainda falei com a assessora de imprensa dele que adorou conhecer portugueses. O dia de hoje (14 de setembro) não revelo o que aconteceu, mas garanto que está a ser giro... Eu espero comentários, com sugestões de coisas para nos fazermos...

Beijos e abraços para todos,
Do vosso cavaleiro e amigo,
Tiago Lopes,
O Fidalgo

Thursday, September 07, 2006




Aqui estão imagens da família real... Já há muito que não viam fotos! O Fidalgo sempre a surpreender.
Mais uma coisinha... Algum de vocês sabe o que são os Jogos da Lusofonia? A ideia é criar uma espécie de jogos olimpicos, mas apenas para falantes do Português. A ideia é louvável, mas a divulgação, admitamos todos, tem sido fraca. Aposto que 75% do país não sabe o que são estes jogos. Mas voces, gente da Comunicação Social, têm que estar à frente das outras pessoas. Por isso aqui fica uma noticia sobre os Jogos da Lusofonia, extraida da página oficial.

Que falta nos faz a Monarquia, para defender a Lingua Portuguesa! Ai! Ai! Ai!

Notícia extraída de http://www.macau2006.org/pt/index.php

"Quando faltam trinta dias para os 1.os Jogos da Lusofonia, a COJOL tem agendada para amanhã, dia 7 de Setembro, a cerimónia do Lançamento do Relógio de Contagem Decrescente, o Juramento Solene de Dedicação e o Transporte da Tocha, uma forma simbólica de assinalar a fase final dos preparativos para o evento desportivo. A cerimónia tem início às 17 horas, na Praça Flor de Lótus. O lançamento do relógio de contagem decrescente e o momento em que a tocha será acesa serão presididos pelo Chefe do Executivo em exercício, o Secretário para os Transportes e Obras Públicas, Ao Man Long. Liderados pelo Presidente da Comissão Organizadora, Manuel Silvério, todos os elementos e parceiros da COJOL prestarão juramento, numa declaração de união e determinação para uma bem sucedida realização da edição inaugural dos Jogos da Lusofonia. Em seguida, tem início o transporte da tocha. O percurso definido, que tem como ponto de partida a Praça Flor de Lótus, contempla dez pontos da cidade, passando pela Doca dos Pescadores, o Centro Cultural de Macau, a Estátua de Kun Ian, a Avenida Sun Iat Sen, o edifício dos Tribunais de Segunda e Última Instância da RAEM, a Torre de Macau, o edifício do Corpo de Bombeiros junto ao Lago Sai Van, a Avenida Doutor Stanley Ho e o edifício do Tribunal Judicial de Base de Macau, terminando na Praça junto ao Hotel Sintra. No total, serão percorridos 4,6 km, com a tocha a ser transportada por diversos atletas. Concluído o trajecto, que deverá demorar cerca de meia hora, será colocada na pira, a qual será de novo usada aquando da Cerimónia de Abertura dos Jogos. O cantor Germano Bibi Guilherme vai cantar o Hino Oficial dos Jogos da Lusofonia após a cerimónia."

Eu vou dando novas,
Tiago Lopes,
O Fidalgo

E eis que a Monarquia é notícia... Toda a Imprensa fala do mesmo, há já alguns dias. O nascimento do Príncipe japones, ainda sem nome. É mais um prova de que a Monarquia está viva, no nosso sangue. O mundo rendeu-se aos pés deste pequeno ser. O DN tem hoje um artigo bom sobre o assunto!

Mas a monarquia portuguesa também é noticia. Está decidida a questão da legitimidade ao trono português. Pode ser o inicio de uma nova Era na causa monárquica, agora que as lutas de facções podem terminar e unidos numa unica causa, com um unico rosto, a luto será mais fácil. Transcrevo em baixo o artigo que sai hoje no "Correio da Manhã":

"Monarquia: Outros pretendentes ao trono protestam

Governo legitima e defende D. Duarte de Bragança

O Governo da República resolveu interferir na velha questão de quem é o legítimo herdeiro e sucessor ao trono de Portugal, optando por D. Duarte Pio, duque de Bragança. Além disso, decidiu agir contra Rosário Poidimani, que se arroga também herdeiro da Casa Real Portuguesa, porque “a sua actuação em Itália se revelou lesiva para o bom nome e honra de Portugal”.


Em carta datada de Julho deste ano e dirigida ao advogado Romeu Francês, defensor de Rosário Poidimani, o Departamento de Assuntos Jurídicos do Ministério dos Negócios Estrangeiros (MNE) fundamenta o reconhecimento de D. Duarte Pio como legítimo herdeiro da Casa Real Portuguesa pelo “reconhecimento histórico e da tradição do Povo Português”; pelas “regras consuetudinárias da sucessão dinástica”; e pelo “reconhecimento tácito das restantes casas reais da Europa e do Mundo com as quais a legítima Casa de Bragança partilha laços de consanguinidade”.Acresce ainda que com base nesse reconhecimento, o Estado confere a D. Duarte representatividade política, histórica e diplomática porquanto afirma no citado documento a que o CM teve acesso, que os duques de Bragança “são várias vezes enviados a representar o Povo Português em eventos de natureza cultural, humanitária ou religiosa no estrangeiro, altura em que lhes é conferido o passaporte diplomático”. O documento nega que o Estado esteja a pagar qualquer habitação a D. Duarte, mas nada diz quanto ao suporte financeiro para financiar os serviços prestados em nome de Portugal.Este reconhecimento do Estado português criou algum mal-estar junto dos defensores do duque de Loulé, Pedro Folque de Mendoça, que o consideram herdeiro legítimo do trono.Quanto à questão de Rosário Poidimani, e respectivas pretensões à representação da Casa Real Portuguesa, o Governo decidiu agir contra ele por querer salvaguardar os interesses portugueses no estrangeiro. Segundo consta, Rosário Poidimani tem atribuído títulos de nobreza e condecorações das ordens honoríficas portuguesas sem estar mandatado para isso, lesando os interesses do Estado Português.A carta do MNE baseia-se num parecer jurídico pedido quando Freitas do Amaral era o chefe da diplomacia portuguesa. D.PEDRO PROTESTAA questão do herdeiro e sucessor da Casa Real tem dado muita polémica. Os apoiantes do duque de Loulé, Pedro Folque de Mendoça, congratularam-se pelo facto do Governo registar “a representatividade política, histórica e diplomática que é oficialmente reconhecida à Casa Real de Portugal e ao seu representante”. Contudo, protestam pelo facto de o Governo quebrar a neutralidade nesta questão. Luís Bivar, um dos defensores de Pedro Folque de Mendoça, diz que “os duques de Loulé são os descendentes e representantes da Infanta D. Ana de Jesus Maria, filha do Rei D. João VI e da Rainha D. Carlota Joaquina, sendo o actual titular o senhor D. Pedro, VI Duque de Loulé de Juro e Herdade”. O duque Pedro Folque de Mendoça nasceu a 9 de Março de 1958 em Lisboa, filho de D. Alberto Nuno Folque de Mendoça e de D. Maria Augusta Moraes Cardoso de Menezes.
José Rodrigues"

Eu volto, com mais novidades...

Deste vosso cavaleiro,

O Fidalgo

Friday, September 01, 2006

O Fidalgo está quase a caminho do Brasil...

De 11 de Setembro a 11 de Outubro venham descobrir as novidades no blog do vosso amigo.

As novidades serão sempre actualizadas, sempre que existir hipoteses. Podem até sugerir coisas para eu fazer... Eu não me vou esquecer de vocês. Vão comentando, que eu vou lendo.


Quando eu chegar em Outubro tenho uns caloiros para praxar... Hehehehehehehe! Podem lhes ir metendo medo... Eu sou boa pessoa, mas podem ir assustando os pequenos.

Agora vou andando... Teno coisas para arranjar, antes de ir andando para o avião...

Fiquem bem

Eu vou, mas volto (a não ser que me arranjem contracto profissional por lá),
Tiago Lopes,

Representante da fabulosa turma de Comunicação Social da ESTA.

O Fidalgo

O Irão desafiou a Comunidade Internacional, que é como quem diz, não se curvou aos Estados Unidos da América. Aliás, nos últimos dois anos, várias nações começaram a contestar a supremacia dos Estados Unidos da América. O mundo ocidental, os ditos países desenvolvidos, não tem conseguido reagir. Alguns países escondem-se atrás das "saias" norte-americanas, qual criança assustada. O Irão avisou que a energia nuclear será usada para fins civis. Sabemos todos que mais tarde ou mais cedo, as armas nucleares irão surgir. O Irão reclama o seu lugar no "clube nuclear".

Provoca-me estranheza a corrida ao nuclear, armas que podem destruir todas as formas de vida que conhecemos e desconhecemos, e que vagarosamente habitam a superficie terrestre. Mas mais estranheza me provoca, a tentativa dos Estados Unidos da América quererem controlar todos os países com acesso à tecnologia de destruição nuclear. Porque podem eles ter armas e os outros não? Se Portugal quisesse ter armas nucleares, iriam alegar que eramos um país de terroristas?

Nestas contradições afoga-se o mundo... E Kofi Annan, que tem às suas costas uma organização morta, a ONU, parece entretido em enterrá-la. Desfaz-se em visitas sem resultados. Faz pedidos aos países, num tom, que me lembra o de uma criança assustada. Parece um miudo a pedir tréguas, em bicos dos pés. A paz que a ONU quer defender não se pode perder em diálogos demorados e conversações sempre adiadas. 34 dias para resolver um conflito? É absurdo... Estará a comunidade internacional a entrar na fase das alianças, uma vez que a ONU se desfaz em pedaços?

Este problema é tanto Monarquico como Republicano! Algumas monarquias têm dado péssimos exemplos e têm-se precipitado nas decisõpes, acompanhando as armadilhas de certas Republicas. O Mundo que pare por uma semana e pense... Podemos odiar-nos todos, podemos querer que os outros desapreçam, mas temos que pensar numa co-habitaçao saudável. Este mundo é só um! E cabemos todos nele... Vamos lá ter juízo...

Em frente Monarquias, mostrem às Republicas o caminho...

O vosso amigo,

O Fidalgo