Thursday, November 23, 2006

Com o ESTA Jornal quase encerrado, o meu tempo para voltar ao blog vai aumentar... Esta tem sido uma semana cheia de acontecimentos interessantes. Um deles ocorreu na terça-feira. A Escola Superior de Tecnologia de Abrantes vestiu-se de gala, para receber um ciclo de conferencias fabulosas, sob o título "Pensar a Comunicação". Convidados de luxo, rodeados por uma plateia de estudantes de Comunicação Social pensaram em várias temáticas da comunicação actual. Desde o acesso as fontes de informação ao sigilo, passando pela concentração dos Media, ou mesmo pelo acesso das minorias politicas à Comunicação Social, tudo foi debatido.

Entretanto não se avizinham grandes aventuras, para este Fidalgo...

Eu vou dando novas,

O vosso amigo,

Fidalgo.

O Fidalgo

Saturday, November 11, 2006



Aqui esta uma foto de uma das palestras que compuseram o curso de Correspondente de Guerra, que o Fidalgo pode fazer na Amazonia.

Thursday, November 09, 2006

Desculpem todos, mas os resumos do que se passou no Brasil ficam para uma outra altura. Como prémio de consolo aqui vai um poema da nossa amiga Mariana Luz. Esta cada vez melhor, esta poetisa...

"Aos vivos, aos mortos e aos outros"

Olha Tiago

Asenhora de Branco chegou!

É como um lago

Um pântano de segredos profundos;

Um rasgão,

De calmaria

Que chamaria

Por todos.

Senão!

A ilusão do mortal

De se salvar do pecado,

De ir para o outro lado,

Deixa de ser real

Olha Tiago!

Ela sorri feliz

Com candura no olhar.

Não foi ela quem quis

Aquele ser levar...

É um joguete universal,

Como todos nós;

Que erguemos a voz,

E as taças de cristal,

Contra o mal de morrer

E o medo de Desaparecer.

Como a lágrima que foge,

Do mundo que corre,

Procurando o seu lugar;

Num outro patamar.

Olha Tiago!

A vida é doçura,

A morte é Frescura.

O resto é loucura...

Se são prados?

Se são flores?

Não o sei, meus senhores,

Mas calmo deve ser...

Porque quem lá chega,

Não parece querer descer

Mariana Luz

07 de Novembro de 2006

O Fidalgo

Thursday, October 05, 2006

Eu juro que resumo os dias que faltam... Mas cada vez que começo, saio logo depois... Lá vou eu...

O Fidalgo

Tuesday, October 03, 2006

Oi pequenos amigos... Eu não tenho tido tempo para actualizar o meu blog, mas decidi tentar remediar isso. Então aqui vão mais uns dias...

Dia 21 de Setembro:

Voltamos a acordar cedo... O curso do exército começa as 7h30. Quase que perdemos o nosso autocarro particular, mas as coisas lá se compõem. Chegamos às instalações do exercito, onde iremos ficar a manhã toda, e já alguns soldados correm de um lado para o outro. Chega a dar pena... É que a esta hora da manhã o calor já aperta em Manaus. Uma loucura completa!!!
O dia de hoje é mais práctico. Aprendemos a obtenção de água e de fogo. Muitas tecnicas interessantes, que eu não vou divulgar no blog... Segredos de profissão. Foi uma manhã super interessante, que terminou com uma aula sobre construção de abrigos. Eu depois mostro as fotos. Vão ver o legal que é! Depois de regressados ao apartamento, com o banho tomado e com o almoço no estomago, esperava-nos a tarde. Pela tarde regressei à companhia de Jony Clay e do pessoal do jornal "A Critica". Mais uma tarde de loucura. Fazer cultura em Manaus é uma outra coisa! O pessoal diverte-se, mas diverte-se mesmo... E a CULTURA do preconceito já foi vencida, nalguns campos.
A noite não nos trouxe nada de extraordinario. Televisão e música...

Eu depois conto os outros dias... Beijos e abraços para voces. Olhem que eu vou chegar entretanto!
O Fidalgo

Wednesday, September 27, 2006

Olá colegas! Agora que o horário pegou fogo, eu vou ver o que consigo fazer. Havemos de ter Fotojornalismo, não se preocupem que eu não vou baixar os braços. Mas a eleição do Representante tem sempre que ser feita, para respeitar principios democraticos. Agoora vamos aos ultimos dias que vivemos no Brasil:

Dia 20 de Setembro:

Começou o curso de Correspondente de Guerra. Acordados muito cedo, eu e a Silvia fomos conduzidos até às instalações do Comando Militar da Amazonia, onde nos serviram o café da manhã. Toda a manhã foi preenchida com palestras e com sonecas... :)
A tarde foi passada no jornal A Critica, enquanto a Silvia quis um programa mais "light". Foi descansar para o apartamento. Foi uma tarde muito engraçada, passada entre o pessoal da editoria de Cultura do jornal... Ainda dizem que eu sou louco! Deviam conhece-los... heheheheheh!
A noite não trouxe surpresas...

Eu volto com mais novas!
O vosso amigo e cavaleiro,
Tiago Lopes
O Fidalgo

Wednesday, September 20, 2006

Olá mundo portugues! As aventuras aqui no Brasil continuam a bom vapor. "Aventura em Manaus: um louco e uma sonolenta" vai para mais um bloco de novidades!

Dia 18 de Setembro:

Completamente curado da ressaca de sábado, pude esperar pela Prof. Tarciluce, que se atrasou. Isto de não cumprir horarios, é um hábito sem pátria. hihihihihi! Pela manhã visitamos a Radio Difusora. Pudemos ver os estudios de emissão AM e FM e ainda falamos com a Directora. Recebemos uma t-shirt da Rádio Difusora e vimos a vista maravilhosa do edificio.
Almoçamos e fomos para a cidade de Manaus, fazer umas compras para o nosso apartamento e visitar alguns locais desconhecidos, desta grande cidade. Ao fim da tarde, quase noite, fomos ter aula com o fabuloso prof. Ricardo Lins. Assistimos a dois trabalhos e estou convidado a participar num trabalho que vai ter na proxima semana. A noite foi mais calma... Na minha opinião, calma demais!!!! :)

Dia 19 de Ssetembro:

O dia de hoje tem nome "A Critica". Se não me engano é o jornal com a maior tiragem e a maior taxa de leitores em Manaus e nós iamos passar o dia todo neste orgão. Pela manhã conhecemos o Director, o redactor-chefe, o director de circulação e o chefe de produção. Eles imprimem o jornal numas máquinas enormes. Simpáticamente encheram-nos de brindes, desde t-shirt's, a dvd's, a cd's... Uma loucura!
A tarde foi diferente... E ainda melhor! A Silvia foi para a "rua" com a editoria de "Cidades" e eu fui com os de "Bem viver" (cultura). Os jornalistas Omar e Jony Clay foram simplesmente maravilhosos comigo. Só tenho a agradecer. Adorei todos os segundos! Voces sao maravilhosos.
A noite serviu para ir ao rodisio de sopas e voltar para casa... o dia seguinte começa o curso promovido pelo Exercito... Correspondente de Guerra!!! LOUCURA

Beijos e abraços para todos,
Eu sou Tiago Lopes,
o vosso querido
O Fidalgo

Monday, September 18, 2006

Olá! Eu não me esqueci de voces, mas isto nem sempre dá para vir à Internet! Mas continuemos com o diário, deste mes no Brasil!

Dia 15 de Setembro:

A manhã foi passada na Nilton Lins (a universidade que nos acolhe). Era o momento de ver o que iamos fazer nos proximos dias e foi a altura em que pude dar um "salto" pela Internet. Uma manhã super relax. O almoço foi fora da universidade. Fomos comer peixe de Manaus, num restaurante self-service com música ao vivo. Provei tambaqui e pirarucu (os nomes dos peixes). É verdade que são peixes feios, mas são uma delicia. E olhem que eu nem gosto de peixe.
A tarde voltou a ser calminha, com mais algumas horas de relax. (Pelo menos para mim, que não desespero com tudo). As 18h conhecemos o prof. Ricardo Lins com quem tivemos duas aulas: "Introdução aos Media" e "Comunicação Visual". Recebidos pelos alunos de forma carinhosa e com uma curiosidade simpática, pudemos ver como este professor consegue misturar conhecimento e diversão. Faziam falta professores destes em Portugal... Uma loucura!
A noite serviu para comprar umas coisas básicas. Eu voltei a ver televisao, a ler Gabriel Garcia Marquez e a escrever, enquanto a Silvia queria dormir... Opções!!!

Dia 16 de Setembro:

Sábado! Dia com actividades... Isto por aqui não há fim de semana. Pela manhã voltamos à MTV, com o Prof. Ulysses, para assistir ao debate sobre a montagem de um programa que irá estrear em breve. O primeiro programa regional, emitido pela MTV. OLHEM a honra! O almoço aconteceu numa hamburgueria, ja acompanhados do prof. Ricardo Lins, que iria estar responsavel pelas actividades da tarde! Fomos para o centro de Manaus. A Silvia ficou no grupo de Fotografia e eu no grupo de Fotojornalismo. Mais uma montanha de amizades com gente bonita e interessante. Destaque especial para Abraão! ÉS um querido. hehehehehehe Depois de fazermos um percurso pela cidade, enquanto fotografavamos muitas coisas, fomos tomar um sorvete e voltamos a casa, para nos arranjar. Sabado à noite, seja em que lugar do mundo for, é noite para sair.
O prof. André, que tambem foi super simpatico, levou-nos à festa da Bondade. Uma festa onde todos os lucros revertem a favor de um instituição que apoia as crianças com sindrome de down! Uma beleza. Comemos num restaurante improvisado, onde imperava a loucura e a boa disposição. Quando descobriram que eramos portugueses, viramos o centro do mundo! E eu que adoro isso! hihihihihihi Terminada a refeição fomos a um bar fantastico. A silvia, entretanto, foi para casa, mas eu fiquei. Desafiado a beber, pelo prof. André, fiquei mais um bocado (tinha que defender a honra da ESTATUNA). Os detalhes do resto da noite ficam em segredo divino...

Dia 17 de Setembro:

Domingo... Eu ressacado... A chover a potes... Um calor abrasador. A manhã e a tarde foram iguais à noite. Andar por casa, ouvir "Pussycatt dolls" (o unico CD de musica que tenho) trezentas vezes, e beber toneladas de água. Nada de extraordinário... Pela noite melhorei e dediquei-me a ver filmes, porque teho tv cabo no meu quarto! Um domingo de repouso, que a segunda-feira vem aí!

Eu depois dou mais novidades... Beijocas para todos!

Eu volto,
O Fidalgo
Olá! Eu não me esqueci de voces, mas isto nem sempre dá para vir à Internet! Mas continuemos com o diário, deste mes no Brasil!

Dia 15 de Setembro:

A manhã foi passada na Nilton Lins (a universidade que nos acolhe). Era o momento de ver o que iamos fazer nos proximos dias e foi a altura em que pude dar um "salto" pela Internet. Uma manhã super relax. O almoço foi fora da universidade. Fomos comer peixe de Manaus, num restaurante self-service com música ao vivo. Provei tambaqui e pirarucu (os nomes dos peixes). É verdade que são peixes feios, mas são uma delicia. E olhem que eu nem gosto de peixe.
A tarde voltou a ser calminha, com mais algumas horas de relax. (Pelo menos para mim, que não desespero com tudo). As 18h conhecemos o prof. Ricardo Lins com quem tivemos duas aulas: "Introdução aos Media" e "Comunicação Visual". Recebidos pelos alunos de forma carinhosa e com uma curiosidade simpática, pudemos ver como este professor consegue misturar conhecimento e diversão. Faziam falta professores destes em Portugal... Uma loucura!
A noite serviu para comprar umas coisas básicas. Eu voltei a ver televisao, a ler Gabriel Garcia Marquez e a escrever, enquanto a Silvia queria dormir... Opções!!!

Dia 16 de Setembro:

Sábado! Dia com actividades... Isto por aqui não há fim de semana. Pela manhã voltamos à MTV, com o Prof. Ulysses, para assistir ao debate sobre a montagem de um programa que irá estrear em breve. O primeiro programa regional, emitido pela MTV. OLHEM a honra! O almoço aconteceu numa hamburgueria, ja acompanhados do prof. Ricardo Lins, que iria estar responsavel pelas actividades da tarde! Fomos para o centro de Manaus. A Silvia ficou no grupo de Fotografia e eu no grupo de Fotojornalismo. Mais uma montanha de amizades com gente bonita e interessante. Destaque especial para Abraão! ÉS um querido. hehehehehehe Depois de fazermos um percurso pela cidade, enquanto fotografavamos muitas coisas, fomos tomar um sorvete e voltamos a casa, para nos arranjar. Sabado à noite, seja em que lugar do mundo for, é noite para sair.
O prof. André, que tambem foi super simpatico, levou-nos à festa da Bondade. Uma festa onde todos os lucros revertem a favor de um instituição que apoia as crianças com sindrome de down! Uma beleza. Comemos num restaurante improvisado, onde imperava a loucura e a boa disposição. Quando descobriram que eramos portugueses, viramos o centro do mundo! E eu que adoro isso! hihihihihihi Terminada a refeição fomos a um bar fantastico. A silvia, entretanto, foi para casa, mas eu fiquei. Desafiado a beber, pelo prof. André, fiquei mais um bocado (tinha que defender a honra da ESTATUNA). Os detalhes do resto da noite ficam em segredo divino...

Dia 17 de Setembro:

Domingo... Eu ressacado... A chover a potes... Um calor abrasador. A manhã e a tarde foram iguais à noite. Andar por casa, ouvir "Pussycatt dolls" (o unico CD de musica que tenho) trezentas vezes, e beber toneladas de água. Nada de extraordinário... Pela noite melhorei e dediquei-me a ver filmes, porque teho tv cabo no meu quarto! Um domingo de repouso, que a segunda-feira vem aí!

Eu depois dou mais novidades... Beijocas para todos!

Eu volto,
O Fidalgo

Friday, September 15, 2006

E aqui está o dia 14 de Setembro:

Pela manhã, depois de um banho e de um pequeno-almoço maravilhoso, fomos até à TV Cultura. Recebidos com muita simpatia, podemos ver o interior da produção e acompanhar um programa em directo. Eu ainda conheci um escritor famoso, que adora Portugal e (parece mentira) conhece Abrantes. Não pudemos fotografar o estúdio, por causa do programa, mas fotografamos a produção.

O almoço foi num centro comercial o "Studio 5", numa área de refeições multi-usos. Escolhemos a comida chinesa. Foi uma refeição muito engraçada, onde coonhecemos uma das filhas, e o filho da prof. Tarciluce a nossa orientadora. Ela já disse que "vai levar a Silvia a sair à noite." Eu estou a arranjar um grupo, para sair comigo. Vamos ver...

Pela tarde visitamos a MTV, num tour relampago, pois os estudios estavam apinhados de gente. Nem deu para tirar fotografias... A simpatia voltou a imperar. A noite foi no apartamento, depois de jantarmos na Universidade. Eu fiquei toda a noite a ler, a escrever e a ver a tv brasileira. A Silvia foi directamente para a cama! O dia de hoje mal despontou... Amanhã trago mais novidades.

O Fidalgo

Thursday, September 14, 2006

Olá todos! Aqui vai um pequeno diário dos nossos primeiros dias.

Dia 11 de Setembro:

Viagem de 12 horas até Manaus. Uma das maiores torturas de sempre... Já estava farto de ver nuvens, até porque nunca vi o super-homem... Chegamops já passavam das 2 da manhã e estavam 28 graus... Calor é o que não falta em Manaus.
Dormimos a primeira noite num hotel de 4 estrelas (é verdade, verdadeiros principes europeus) em quartos separados... Foi no hotel Da Vinci! Um luxo.

Dia 12 de Setembro:

Pelas 11 horas foram-nos buscar ao hotel! Viemos para o complexo universitário que tem, 1 000 000 de metros quadrados... Gigantesco! Conhecemos um monte de pessoas. Reitora, vice-reitora, directores, coordenadores, professores, funcionarios. Milhões de nomes, que ainda não decoramos. Pela tarde tivemos direito a massagem, que os alunos de fisioterapia nos deram. Eeu até tive direito a óleos relaxantes. Acho que os vou levar para Portugal connosco.
Pela noite fomos para o apartamento onde ficamos este mes. Eu fiquei no quarto melhor... Cama de casal, com casa-de-banho privada, televisão, aparelhagem, DVD. A Silvia ficou num quarto com cama singular, sem tv, sem dvd, sem aparelhagem, e com a casa-de-banho fora do quarto. E as 8 horas cada um foi para o seu quarto... O dia seguinte ia ser o primeiro com actividades!

Dia 13 de Setembro:

9h foram-nos buscar, depois de termos tomado o pequeno-almoço no nosso apartamento. Pelo caminho para a universidade a Prof. Tarciluce (um anjo de senhora) comprou-me abacaxi! Ainda não o comi, mas cheira bem... Dá água na boca. Tivemos todo o dia na agencia de noticias da universidade. Eu até fiz um pequeno filme, com a minha voz. Vou levar para Portugal e depois mostro. Foi muito interessante conhecer as relações entre jornalistas e assessores de imprensa. Pelas 20h a Silvia foi para o apartamento, já cansada, e eu segui para uma palestra com um politico. Muito interessante. Aqui no Brasil as eleições são alturas complicadas. O candidato era muito inteligente, ainda falei com a assessora de imprensa dele que adorou conhecer portugueses. O dia de hoje (14 de setembro) não revelo o que aconteceu, mas garanto que está a ser giro... Eu espero comentários, com sugestões de coisas para nos fazermos...

Beijos e abraços para todos,
Do vosso cavaleiro e amigo,
Tiago Lopes,
O Fidalgo

Thursday, September 07, 2006




Aqui estão imagens da família real... Já há muito que não viam fotos! O Fidalgo sempre a surpreender.
Mais uma coisinha... Algum de vocês sabe o que são os Jogos da Lusofonia? A ideia é criar uma espécie de jogos olimpicos, mas apenas para falantes do Português. A ideia é louvável, mas a divulgação, admitamos todos, tem sido fraca. Aposto que 75% do país não sabe o que são estes jogos. Mas voces, gente da Comunicação Social, têm que estar à frente das outras pessoas. Por isso aqui fica uma noticia sobre os Jogos da Lusofonia, extraida da página oficial.

Que falta nos faz a Monarquia, para defender a Lingua Portuguesa! Ai! Ai! Ai!

Notícia extraída de http://www.macau2006.org/pt/index.php

"Quando faltam trinta dias para os 1.os Jogos da Lusofonia, a COJOL tem agendada para amanhã, dia 7 de Setembro, a cerimónia do Lançamento do Relógio de Contagem Decrescente, o Juramento Solene de Dedicação e o Transporte da Tocha, uma forma simbólica de assinalar a fase final dos preparativos para o evento desportivo. A cerimónia tem início às 17 horas, na Praça Flor de Lótus. O lançamento do relógio de contagem decrescente e o momento em que a tocha será acesa serão presididos pelo Chefe do Executivo em exercício, o Secretário para os Transportes e Obras Públicas, Ao Man Long. Liderados pelo Presidente da Comissão Organizadora, Manuel Silvério, todos os elementos e parceiros da COJOL prestarão juramento, numa declaração de união e determinação para uma bem sucedida realização da edição inaugural dos Jogos da Lusofonia. Em seguida, tem início o transporte da tocha. O percurso definido, que tem como ponto de partida a Praça Flor de Lótus, contempla dez pontos da cidade, passando pela Doca dos Pescadores, o Centro Cultural de Macau, a Estátua de Kun Ian, a Avenida Sun Iat Sen, o edifício dos Tribunais de Segunda e Última Instância da RAEM, a Torre de Macau, o edifício do Corpo de Bombeiros junto ao Lago Sai Van, a Avenida Doutor Stanley Ho e o edifício do Tribunal Judicial de Base de Macau, terminando na Praça junto ao Hotel Sintra. No total, serão percorridos 4,6 km, com a tocha a ser transportada por diversos atletas. Concluído o trajecto, que deverá demorar cerca de meia hora, será colocada na pira, a qual será de novo usada aquando da Cerimónia de Abertura dos Jogos. O cantor Germano Bibi Guilherme vai cantar o Hino Oficial dos Jogos da Lusofonia após a cerimónia."

Eu vou dando novas,
Tiago Lopes,
O Fidalgo

E eis que a Monarquia é notícia... Toda a Imprensa fala do mesmo, há já alguns dias. O nascimento do Príncipe japones, ainda sem nome. É mais um prova de que a Monarquia está viva, no nosso sangue. O mundo rendeu-se aos pés deste pequeno ser. O DN tem hoje um artigo bom sobre o assunto!

Mas a monarquia portuguesa também é noticia. Está decidida a questão da legitimidade ao trono português. Pode ser o inicio de uma nova Era na causa monárquica, agora que as lutas de facções podem terminar e unidos numa unica causa, com um unico rosto, a luto será mais fácil. Transcrevo em baixo o artigo que sai hoje no "Correio da Manhã":

"Monarquia: Outros pretendentes ao trono protestam

Governo legitima e defende D. Duarte de Bragança

O Governo da República resolveu interferir na velha questão de quem é o legítimo herdeiro e sucessor ao trono de Portugal, optando por D. Duarte Pio, duque de Bragança. Além disso, decidiu agir contra Rosário Poidimani, que se arroga também herdeiro da Casa Real Portuguesa, porque “a sua actuação em Itália se revelou lesiva para o bom nome e honra de Portugal”.


Em carta datada de Julho deste ano e dirigida ao advogado Romeu Francês, defensor de Rosário Poidimani, o Departamento de Assuntos Jurídicos do Ministério dos Negócios Estrangeiros (MNE) fundamenta o reconhecimento de D. Duarte Pio como legítimo herdeiro da Casa Real Portuguesa pelo “reconhecimento histórico e da tradição do Povo Português”; pelas “regras consuetudinárias da sucessão dinástica”; e pelo “reconhecimento tácito das restantes casas reais da Europa e do Mundo com as quais a legítima Casa de Bragança partilha laços de consanguinidade”.Acresce ainda que com base nesse reconhecimento, o Estado confere a D. Duarte representatividade política, histórica e diplomática porquanto afirma no citado documento a que o CM teve acesso, que os duques de Bragança “são várias vezes enviados a representar o Povo Português em eventos de natureza cultural, humanitária ou religiosa no estrangeiro, altura em que lhes é conferido o passaporte diplomático”. O documento nega que o Estado esteja a pagar qualquer habitação a D. Duarte, mas nada diz quanto ao suporte financeiro para financiar os serviços prestados em nome de Portugal.Este reconhecimento do Estado português criou algum mal-estar junto dos defensores do duque de Loulé, Pedro Folque de Mendoça, que o consideram herdeiro legítimo do trono.Quanto à questão de Rosário Poidimani, e respectivas pretensões à representação da Casa Real Portuguesa, o Governo decidiu agir contra ele por querer salvaguardar os interesses portugueses no estrangeiro. Segundo consta, Rosário Poidimani tem atribuído títulos de nobreza e condecorações das ordens honoríficas portuguesas sem estar mandatado para isso, lesando os interesses do Estado Português.A carta do MNE baseia-se num parecer jurídico pedido quando Freitas do Amaral era o chefe da diplomacia portuguesa. D.PEDRO PROTESTAA questão do herdeiro e sucessor da Casa Real tem dado muita polémica. Os apoiantes do duque de Loulé, Pedro Folque de Mendoça, congratularam-se pelo facto do Governo registar “a representatividade política, histórica e diplomática que é oficialmente reconhecida à Casa Real de Portugal e ao seu representante”. Contudo, protestam pelo facto de o Governo quebrar a neutralidade nesta questão. Luís Bivar, um dos defensores de Pedro Folque de Mendoça, diz que “os duques de Loulé são os descendentes e representantes da Infanta D. Ana de Jesus Maria, filha do Rei D. João VI e da Rainha D. Carlota Joaquina, sendo o actual titular o senhor D. Pedro, VI Duque de Loulé de Juro e Herdade”. O duque Pedro Folque de Mendoça nasceu a 9 de Março de 1958 em Lisboa, filho de D. Alberto Nuno Folque de Mendoça e de D. Maria Augusta Moraes Cardoso de Menezes.
José Rodrigues"

Eu volto, com mais novidades...

Deste vosso cavaleiro,

O Fidalgo

Friday, September 01, 2006

O Fidalgo está quase a caminho do Brasil...

De 11 de Setembro a 11 de Outubro venham descobrir as novidades no blog do vosso amigo.

As novidades serão sempre actualizadas, sempre que existir hipoteses. Podem até sugerir coisas para eu fazer... Eu não me vou esquecer de vocês. Vão comentando, que eu vou lendo.


Quando eu chegar em Outubro tenho uns caloiros para praxar... Hehehehehehehe! Podem lhes ir metendo medo... Eu sou boa pessoa, mas podem ir assustando os pequenos.

Agora vou andando... Teno coisas para arranjar, antes de ir andando para o avião...

Fiquem bem

Eu vou, mas volto (a não ser que me arranjem contracto profissional por lá),
Tiago Lopes,

Representante da fabulosa turma de Comunicação Social da ESTA.

O Fidalgo

O Irão desafiou a Comunidade Internacional, que é como quem diz, não se curvou aos Estados Unidos da América. Aliás, nos últimos dois anos, várias nações começaram a contestar a supremacia dos Estados Unidos da América. O mundo ocidental, os ditos países desenvolvidos, não tem conseguido reagir. Alguns países escondem-se atrás das "saias" norte-americanas, qual criança assustada. O Irão avisou que a energia nuclear será usada para fins civis. Sabemos todos que mais tarde ou mais cedo, as armas nucleares irão surgir. O Irão reclama o seu lugar no "clube nuclear".

Provoca-me estranheza a corrida ao nuclear, armas que podem destruir todas as formas de vida que conhecemos e desconhecemos, e que vagarosamente habitam a superficie terrestre. Mas mais estranheza me provoca, a tentativa dos Estados Unidos da América quererem controlar todos os países com acesso à tecnologia de destruição nuclear. Porque podem eles ter armas e os outros não? Se Portugal quisesse ter armas nucleares, iriam alegar que eramos um país de terroristas?

Nestas contradições afoga-se o mundo... E Kofi Annan, que tem às suas costas uma organização morta, a ONU, parece entretido em enterrá-la. Desfaz-se em visitas sem resultados. Faz pedidos aos países, num tom, que me lembra o de uma criança assustada. Parece um miudo a pedir tréguas, em bicos dos pés. A paz que a ONU quer defender não se pode perder em diálogos demorados e conversações sempre adiadas. 34 dias para resolver um conflito? É absurdo... Estará a comunidade internacional a entrar na fase das alianças, uma vez que a ONU se desfaz em pedaços?

Este problema é tanto Monarquico como Republicano! Algumas monarquias têm dado péssimos exemplos e têm-se precipitado nas decisõpes, acompanhando as armadilhas de certas Republicas. O Mundo que pare por uma semana e pense... Podemos odiar-nos todos, podemos querer que os outros desapreçam, mas temos que pensar numa co-habitaçao saudável. Este mundo é só um! E cabemos todos nele... Vamos lá ter juízo...

Em frente Monarquias, mostrem às Republicas o caminho...

O vosso amigo,

O Fidalgo

Monday, August 14, 2006

Muitos Parabéns a toda a delegação portuguesa, foram verdadeiros heróis! Francis, Naide, Rui Silva, Chaiça, Nelson Evora, Ines, Analia e todos os outros... Que a República não vos esqueça, porque vocês merecem ser louvados. Não jogam futebol, mas o vosso feito é maior.

O Fidalgo nunca vos esquece,

Boa sorte sempre,

Vivam os atletas!

O Fidalgo

Saturday, August 12, 2006

A ONU chega finalmente a um consenso... Isto depois de termos esperado mais de um mês... Um mês, durante o qual, vidas inocentes foram chacinadas. Israel e as suas "bombas inteligentes" atacarm indescriminadamente bairros residenciais. O Líbano, por seu turno, fez o mesmo. Dizem os politicos que o Líbano está aprisionado pelo Hezbollah. Eu até acredito nisso, mas senhores tenham santa paciencia! Um mês para aprovar um texto!!!

Uma organização que se diz o bastião da democracia mundial, onde estão representados vários países, não consegue impor a sua vontade a não ser passados mais de 30 dias. É a prova de que a invasão no Iraque matou a ONU. Esta organização precisa de ser revitalizada com urgência, ou então está condenada à extinção... Tal como a Sociedade das Nações. A Alemanha bateu com a porta e tudo desmuronou... Mudámos os actores, agora são Norte-Americanos, mas o filme parece o mesmo...

E não podemos esquecer que o Iraque é um barril de polvora, que pode explodir a qualquer instante. As soluções seriam muitas, mas os resultados avisam-se catastróficos. É o que dá fazerem-se coisas com base na prepotencia e com interesses economicos à frente de planos sólidos. O Iraque pode estar perto do inicio de uma sangrenta guerra civil! Já morrem, em média, 100 pessoas por dia, vitimas de atentados no Iraque. O Iraque era para ser o fim do terrorismo, mas é apenas o principio de uma guerra com o alto patrocinio dos Estados Unidos da América.

Londres, há dias, foi prova disso. O terrorismo está vivo, goza de boa saude, e não pode ser combatido atacando-se paises. Terrorista não tem pátria. Terrorista mata e foge... O Fidalgo já percebeu isso. Quando é que vocês o percebem?

Chega de promessas... É hora de agir. Monarquias de mundo uni-vos!

d
O Fidalgo

Wednesday, July 26, 2006

É o conflito mais badalado do momento. Com toda a prepotencia que lhe é normal, Israel atacou o Líbano. Não que eu defenda obstinadamente os libaneses, que são o escudo de uma guerra que acaba por não ser deles. Quem guerreia afinal? Os Estados Unidos e a Inglaterra lutam contra o Irão e a Siria. O Líbano foi o palco infeliz, debaixo de uma desculpa fraca

O Hezbollah é um grupo terrorista? Certamente. Mas atacar civis indescriminadamente não me parece muito democrático. Eu pensava que as Repúblicas eram o bastião supremo da democracia... Afinal parece que as coisas são um bocadinho diferentes.

A guerra de Israel mostra muitas coisas. E as guerras sucedem-se... A Etiópia está debaixo de uma invasão planeada pela Somália. A instabilidade no México parece dificil de alcançar, numa sociedade onde a politica se deixou corromper. A Coreia do Norte não cede nas suas pretensões nucleares e arvora-se em grande potencia bélica. O Irão avança com os seus planos... E a ONU agoniza lentamente... É uma instituição morta desde a guerra do Iraque e enterrada!

A ONU perdeu a sua força. Mais parece um instrumento do poder norte-americano, do que uma arma de pacificação internacional. As coisas têm que começar a mudar já, e está tudo nas nossas mãos.

O Fidalgo não desiste. Não desista também.

Nós valemos a pena!

orgão
O Fidalgo

Sunday, July 16, 2006

O Fidalgo está completamente seduzido por Mariana Luz. O ecletismo das suas composições, algumas perfeitamente nonsense deixou-me desarmado. Em Mariana Luz as palavras brotam intensas, revoltadas. Quase como se estivessem zangadas por terem sido acordadas do seu sono divino. O poema que se segue foi feito por Mariana Luz hoje de manhã e chegou-me por email. Eu adorei, e achei por bem divulgá-lo. Mariana Luz merece o título de "Fidalga - Honorária"

Carícias

A tua mão procurou,
Numa noite perdida,
O deserto do meu corpo,
Estaria eu vestida?

Eu estava morta,
Numa cama esquecida.
Tu querias outra,
Mas a mim não escapas…

Abri os olhos,
Abri o vestido,
Tiraste o relógio e…
Ficaste despido.

Não sei que queres?
Não sei que buscas?
Só sei que temes…
Só sei que não encontras…

Terás medo de te prender,
Ao fatal delírio da chuva?
Ou terás em ti gravado
O nome da minha vulva?

Mariana Luz
16 de Julho de 2006

O Fidalgo

Thursday, July 13, 2006

Parabéns pelas bodas de prata aos grãos-duques do Luxemburgo. A Festa foi espantosa, como relatam variadas revistas da especialidade. S.A.R. D.ª Isabel de Heredia esteve elegantissima, bem mehlor do que se aprentara na festa da Flor. Pode dizer-se que esta perdoada! (Sem ofensa)...

Desfizeram-se alguns mitos, como o do esbanjamento de dinheiro da Familia Real Dinamarquesa. Se fossem assim tão gastadores, porque razão a princesa usou a mesa rou, que usara no 70º aniversario do principe?

Eu vou dizendo coisas...

O Fidalgo

Sunday, July 09, 2006

É inegável o feito alcançado pela Selecção Nacional de Futebol. Merecem os Parabéns, porque chegar ao 4º lugar numa competição desta grandeza, lutando contra grandes selecções e contra "interesses de bastidores" instalados, é de louvar. Todavia, continuo a ser contra o excessivo festival que se está a montar destes senhores, quando no mundo outros atletas portugueses erguem mais alto a nossa pátria e a bandeira (que era mais gira em azul e branco)!

Poucos o sabem, mas Vanessa Fernandes, uma portuguesa de fibra, alcançou o Tricampeonato da Europa na modalidade de triatlo, na Croácia. Isto depois de ter vencido o mesmo troféu em 2004 e em 2005, mas as bandeiras e os aplausos tardam em chegar para esta mulher! E o que dizer de Naide Gomes que por terras alemãs bateu, por duas vezes, o record nacional de salto em comprimento. Duas vezes!!!! Para quem não sabe, Naide Gomes é a actual campeã Eurepeia de Pista coberta de Salto em Comprimento.

Por Terras sul-americanas, mais propriamente no Tenerife, Francis Obikwelu e Rui Silva têm dado nas vistas. Os dois atletas venceram as provas nas modalidades de 100m (Obikwelu) e de 1500 (Rui Silva). E a eles junta-se Sílvia Cruz que conseguiu vencer a competição de dardo.

E se não quiser-mos falar apenas de desporto, não nos podemos esquecer que o portugues dos Açores, Filipe Oliveira Baptista encatou a semana de Alta-Costura de Paris, considerado o evento de Moda mais importante do Mundo. Com uma colecção inspirada em repteis e em Dinossauros, o estilista arrancou o apaluso de mérito da critica internacional presente no evento. Também a dupla de criadores João Branco e Luís Sanchez, que se apresenta sob o nome Storytailors, deixou Paris encantada. Uma colecção com inspiração no fundo do mar contando a história de Medusa, ficou marcada como uma das melhores!

Como vê o que não falta em Portugal são heróis... Falta é conhecimento, e vontade, para os honrar a todos! Vamos lá a ser justos. Ou pelo menos tentemos.

Eu ando por aí!

O Fidalgo

Thursday, July 06, 2006

Injustiças sempre as houve... Mas existem limites para tudo! Quando o mérito não é avaliado, mas antes o relaxamento e a perguiça é obvio que este páís não avança. Quando nos prometemos o céu e afinal só temos a Terra, então não temos carcater. Quando mostramos um rosto, mas vivemos com outro então não somos gente. É triste que estas palavras tenham que ser ditas, mas as coisas acontecem. Quam devia ler tudo isto, pode nunca chegar a vê-las, mas devia ter vergonha de tudo o que fez! É humilhante...

Eu, no seu lugar, naõ ia dormir de consciencia tranquila... Mas consciencia nem todos temos! É isso que faz a diferença entre os Homens, as Mulheres e os "outros"! Que os "outros" tenham decencia...

Tenho dito.

Tiago Lopes, 2º Ano de Comunicação Social, ESTA

Aluno, escritor, tarologo, explicador, coreografo, jornalista, compositor, critico, esteta, e tudo e tudo!

O Fidalgo

Monday, July 03, 2006

A jovem Mariana Luz continua a surpreender o Fidalgo. Eis então mais um poema, desta criativa! Em breve o Fidalgo pensa entrevistá-la e colocaremos uma biografia desta poetisa fabulosa. Vá comentando, que ela gosta muito. Agora deleite-se!

Conversas de beiral

Calhandrices que assaltam as janelas,
Que nos põe de canelas,
há escuta delas…
E com sapatos de fivelas!
Galgamos escadas, até há porta delas…
(As minhas valentes cuscas)
Mas isto só se não gostarmos, do que dizem elas!

3 de Julho de 2006

O Fidalgo não se responsabiliza com qualquer semelhança com a realidade, que o poema contenha. Eu volto, com mais novidades!

O Fidalgo

Sunday, July 02, 2006

Parabéns à Selecção Nacional de Futebol, pela excelente competição que têm realizado do Mundial 2006. Vocês merecem os aplausos, as lágrimas, os agradecimentos! Vocês são "embaixadores" de Portugal...

Mas peço a todos que não entremos num nacional-histerismo, por culpa de uma competição de futebol! Portugal é mais do que Futebol... Temos escritores de qualidade impar, artistas plásticos reconhecidos, musicos e bailarinos de renome internacional, atletas em outras actividades como a Vanessa Fernandes, o Tiago Monteiro, a pequena Diana... Eles também merecem ser agraciados com um aplauso vigoroso, com bandeiras nas janelas. Porque é que Vanessa Fernandes, campeão do Mundo de triatlo, não tem direito a ter bandeiras nas janelas quando corre?

Nós somos mais do que Futebol! Nunca se esqueça disso... E não sejamos injustos... Todos merecem um forte aplauso.

Desejo felicidades à Nossa Selecção, que honrem a bandeira (que devia ser azul e branca) com a vossa capacidade desportiva. Nós contamos com vocês. FELICIDADES!

Viva Portugal! Viva a Monarquia!

O Fidalgo

Wednesday, June 28, 2006

Olá! Eu não desapareci... Não mudei de casa... Nao mudei de planeta... Não emigrei... Apenas estive ausente uns tempinhos, mas gaora voltei. O Fidalgo está de volta, ao seu cantinho da blogosfera, pronto a continuar o seu debate de ideias... Os meus amigos republicanos não se vão arrepender!

O tema de hoje é a decisão de dissoulção da Assembleia da República, por vontade Presidencial!

A dissolução da AR por vontade presidencial é uma "arma", que visa garantir o bom funcionamento dos orgãos democráticos. É uma das vertentes do trialismo dos poderes, que se efectua em Portugal. O Presidente da República nomeia o Primeiro-Ministro e o restante governo. O Primeiro-Ministro e restantes ministros dirigiem a política nacional, vigiados pela Assembleia da República. A Assembleia da República pode ser dissolvida, se a sua actuação for contra o bom fundionamento da democracia nacional.

Mas o que é esta dissolução? Donde surge?... Pois meus amigos republicanos, a dissolução da AR é um poder que vem dos Monarcas constitucionais. É um poder de controlo régio, para assegurar que a AR prossegue o bem da Nação e não os sesu interesses privados. A dissolução da AR é uma marca dos Presidentes, mas é uam herança dos Reis! Até os poderes constitucionais a República imitou à Monnarquia... O que é que haverá mais?

Eu vou revelando...

É so esperar!

De regresso a vocês,

o Fidalgo

O Fidalgo

Friday, June 09, 2006

O Fidalgo conheceu, esta semana, uma jovem talentosa. Mariana Luz, de nome, é uma poetisa em inicio de carreira... Aqui fica um poema desta jovem, que retalha a sua existência com a faca da criatividade:

O meu corpo não conheces,
A minha pele ignoras,
A minha boca não esqueces,
Os meus olhos adoras…

Nasci de rasgão,
Num verso alucinado.
Canto com uma voz Lusitana
Sem tristeza o meu Fado.

Estou onde ninguém esteve.
Porque eu estive onde ninguém vive.
Sou estrela brilhante,
De um dia de eclipse.

Sou fruto de uma árvore sem semente,
Sou lágrima de um rosto que não viste,
Sou gota de um rio que não tem nascente,
Sou brisa de uma aldeia sem vento.
Um aperto de mão!
Um sorriso!
Um devaneio!
Uma loucura!
Um anseio!
Sou um espelho estilhaçado,
Onde o reflexo do Sol,
É brilho de Lua.

30 de Abril de 2006

Espero pela vossa opinião... Até já!

O Fidalgo

Friday, June 02, 2006

A ESTATUNA voltou a ganhar prémios... Desta feita arrebatou no IV FITUMIS (Festival da responsabilidade da Instituna) o Prémio de Melhor Estandarte e o Prémio de 3ª Melhor Tuna.

Extra concurso a ESTATUNA empatou no prémio de Tuna Mais Bebedora, que no desempate (do domingo) perdeu para Tuna Américas de Porto Rico, uma das melhores tunas do mundo. Quem quiser saber mais, pode sempre concultar o site do Portugal Tunas.

O Fidalgo sabe que a ESTATUNA quer entrar em força no próximo ano e prepara com afinco a nova temporada. Deixo aqui o meu apoio a todos os membros da ESTATUNA. A nobreza do vosso espírito é incomparável... Sejam felizes!

Vão estando atentos...

Asd novidades não param...

O Fidalgo volta...

O Fidalgo

O Fidalgo anda desaparecido, mas não anda esquecido.

No último dia recebi um presente especial. Uma colecção de Leis de 1836, do tempo de D Maria I. Um luxo. Mas não é disso que escrevo hoje.

Vou tentar explicar, aos meus amigos republicanos, mais uma razão para a Monarquia retornar a Portugal.

Num mundo globalizado, inseridos numa Uniao Europeia que procura ganhar os seus símbolos (a bandeira estrelada impos-se, mas o hino foi um fiasco público), cabe às famílias reais preservar a Cultura do seu país. Diga-se de passagem que esta tarefa nunca poderá ser realizada por Ministérios, que de ano para ano vão ficando sem Orçamento. É aos Monarcas, herdeiros de um país com História feito de estórias, que se obriga o papel de preservarem as tradições sócio-histórico-culturais. Bastiões do passado, que se reflecte num presente, a pensar no futuro.

Eu vou voltar, em breve, para continuar a abrir os olhos aos meus amigos republicanos. Até lá, as minhas saudações...

O Fidalgo

Wednesday, May 24, 2006

Não se admirem se o Montenegro se tornar Monarquia...
Razão económica: Durante o periodo da governação de Nicolau I, Montenegro conheceu um fulgor económico nunca mais igualado...
Razão social: A família real montenegrina nunca aceitou a 100% a Servia! Eles eram descendentes do trono de Montenegro e não da Servia e Montenegro. Agora irão ser vistos como respeitos.
Razão cultural: O microestado do Monaco é governado em Monarquia, o do Vaticano também (mesmo em moldes especiais). É uma forma de facilitar a governação.
Razão internacional: A imagem real é muito mais forte, do que a imagem presidencial...

É esperar para ver!
Se eles mudarem, porque não mudamos também...
A Monarquia não é um Monstro... Descubra-a!
O Fidalgo

Monday, May 22, 2006

Quero deixar os meus Parabéns ao Montenegro. Nenhum povo deve viver encarcerado, num pacto sem sentido. É de louvar o civismo do vosso referendo. A esta hora ainda não se conhecem resultados finais... Mas qualuqer que seja o número final, vocês venceram!
Uma lição de civismo, que alguns portugueses deviam aprender.
Eu volto...
O Fidalgo

Thursday, May 18, 2006

Olá! O Fidalgo não se esqueceu, do seu espaço... Não! O Fidalgo, tem é andado com a agenda social em alta!
O VII fESTA acabou por ser um grande festival. E as novidades não param! Esta semana o meu coração está com as NonStop! Elas vão representar Portugal na Europa. Deixemos de lado as mesquinhices humanas, de dizer "eu não votei nelas".
Elas ganharam! Elas são o rosto de Portugal! É por elas que temos que nos unir!
A música, desprovida de conteúdo, é super interessante!
As roupas estão super modernas!
A coreografia é bastante boa!
VIVA PORTUGAL!
O Fidalgo

Sunday, May 07, 2006

Mais um poema de António Botto... Este homem escrevia muito bem...

Deliciem-se...

Quem é que abraça o meu corpo

Na penumbra do meu leito?

Quem é que beija o meu rosto,

Quem é que morde o meu peito?

Quem é que fala da morte

Docemente ao meu ouvido?

- És tu, senhor dos meus olhos,

E sempre no meu sentido.

O Fidalgo

Friday, May 05, 2006

ESTATUNA ganhou o prémio de Melhor porta-Estandartes no festival organizado pela Fortuna (Tuna da Universidade Nova de Lisboa), na noite em que a Tuna Médica arrebatou o prémio de Melhor Tuna... [4/05/2006]

Dia 5 de Maio, o Fidalgo relembra, a ESTATUNA vai estar no Parque Urbano de S. Lourenço (Abrantes), a partir das 21h, para uma actuação que antecede um espectáculo musical a cargo dos Hyubris

O Fidalgo

Monday, May 01, 2006

Para começar bem o mês, O Fidalgo deixa-vos um poema de António Botto, um dos génios do Modernismo Português. Tristemente pouco conhecido, este génio da poesia foi reconhecido internacionalmente pela originalidade do seu estilo de prosar. Amigo de Fernando Pessoa, com quem partilhava as suas ânsias de inovar... António Botto é um poeta a descobrir!

Ouve, meu anjo

Ouve, meu anjo

Se eu beijasse a tua pele?

Se eu beijasse a tua boca

Onde a saliva é mel?

Tentou, severo, afastar-se

Num sorriso desdenhoso;

Mas aí!,

A carne do assassino

É como a do virtuoso.

Numa atitude elegante,

Misterioso, gentil,

Deu-me o seu corpo doirado

Que eu beijei quase febril.

Na vidraça da janela,

A chuva, leve, tinia...

Ele apertou-me cerrando

Os olhos para sonhar -

E eu lentamente morria

Como um perfume no ar!

O Fidalgo

Saturday, April 29, 2006

E ainda dizem que a História não se contradiz...

Dois sites dizem coisas um bocadinho diferentes sobre a mesma pessoa. Sua Alteza Real, D. Manuel II o último Rei da IV Dinastia de Portugal, está no centro da polémeica...

O site da Fundação D. Manuel II (que seguramente conhece o seu patrono) diz:

Em 4 de Setembro de 1913, Dom Manuel II casou com D. Augusta Vitoria pelo civil e mais tarde pelo religioso, cerimónia essa que foi presidida pelo antigo cardeal-patriarca de Lisboa D. José Neto, exilado em Sevilha.A 2 de Junho de 1932 Dom Manuel II morreu em Londres devido a doença prolongada.

Mas o site da Wikipédia diz antes que:

Faleceu inesperadamente na sua residência, em 2 de Julho de 1932, vítima de um edema da glote.

Ou morreu de doença prolongada, ou morreu inesperadamente??? Os dois sites concordam quanto ao papel de estima que D. Manuel II teve para como Portugal, preocupando-se com os assuntos do país que o exilou (medo por certo)...

Eu vou dando noticias...

O Fidalgo

Friday, April 28, 2006

O Fidalgo, sempre bem informado, soube que a ESTATUNA esteve no ISEG no dia 27/o4/2006. E a actução, ao que parece, foi muito bom. Divertida, descontraída, animada, como só a ESTATUNA sabe ser...
Mas o calendário de festas continua! Para a semana a ESTATUNA vai estar no dia 04/05/2006 no Festival de Tunas organizado pela Fortuna (Tuna da Universidade Nova de Lisboa) e no dia 05/05/2006 a ESTATUNA vai estar no Parque Natural de S. Lourenço (Abrantes) para animar todos.

Fica também aqui a data do VII fESTA, dia 13 de Maio no Teatro Municipal de S. Pedro. Não se atrase, porque esgota...
O Fidalgo

Wednesday, April 26, 2006

Abrantinos não querem fESTA, paciência...

A ESTATUNA está de Parabéns. Depois de algumas semans mais dificeis, os patrocinadores começam a surgir e o Fidalgo tem que dar os Parabéns a todos eles. Sem vocês, sonhar era impossível...

Sem desistir, os Tunos e os chospras lançaram-se numa luta para "apanhar" todas as réstias de luz...

Agora é so desejar felicidades ao VII fESTA... Eles (entidades oficiais, mais alguns) podem não querer, mas a fESTA vai continuar...

Ahhh!!!! Mas houve alguns excelsos abrantinos que contribuiram... A eles um Muitissimo obrigado. Cotinuamos receptivos a patrocinios, quem quiser entre em contacto com o Fidalgo, que a ESTATUNA entra em contacto consigo...

Saudações Académicas,

Saudações Monárquicas,

Saudações Nacionais

O Fidalgo

Tuesday, April 25, 2006

O Fidalgo assinala hoje os 32 anos da Revolução dos Cravos. A Liberdade saiu à rua... Saiu tanto á rua que muitas das novas gerações não sabem sequer o que se passou... Sabem que é feriado; que não vão às aulas; que não vão fazer absolutamente nada, mas so sabem isso. É altura de lhes avivar a memória...

Só espero que a Liberdade seja para todos, e que os Monárquicos também se possam exprimir em igualdade de circunstânicas... Está na altura de pensar na revisão do 288º Artigo da Constituição Portuguesa.

Viva a Revolução! Viva a Liberdade! Viva o Rei!

O Fidalgo

Friday, April 21, 2006


Uma das bandeiras mais belas de toda a Europa... E está metida numa gaveta!
Ó País de gente sem gosto e sem senso...
A bandeira que veneram, que cantam aos sete ventos foi feita num café...
Foi votada em concurso...
O simbolismo dela veio de pois!!!
Não vêem isso?
Esta bandeira é uma evolução...
O vermelho da dita "bandeira oficial" significa o sangue dos nosso herois... Mas Portugal é mais um povo de Paz [Branco], do que um povo de guerra. E não esqueçamos que somos um povo de navegadores [Azul].
Quando é que percebem, de uma vez por todas, os símbolos do vosso país?

Mostra que queres mudar...

A Monarqua existe... E está tão perto de nós...

Thursday, April 20, 2006

O maior dos mistérios na vida de um monárquico em Portugal, e perceber o que diferencia a imagem régia da imagem Presidencial...
Claro que um Rei tem mais presença, do que um Presidente da República
Claro que um Rei une mais a Nação, do que um Presidente da República
Claro que um Rei é mais isento de influências partidárias, do que um Presidente da República
Claro que um Rei é [diz a revista EXAME] mais económico, do que um Presidente da República
Calro que um Rei é Internacionalmente mais representativo, do que um Presidente da República
Ahhhh!!!! Um Rei é mesmo diferente de um Presidente da Repúbica... E nós continuamos a querer ser governados em segunda classe??? Quando o bilhete para o TGV do progresso está tão perto...

Pense!!! O Fidalgo está aqui para ajudar...

E prometo continuar...
O Fidalgo
VII fESTA adiado...

O VII fESTA foi adiado para dia 13 de Maio [em Abrantes e não na Cova de Iria]. Motivo? Os tão falados patrocinios continuam por chegar...
As respostas a muitas perguntas saem hoje 20/4/2006 no Jornal Regional "Primeira Linha", na 5ª página...
Tenham boas leituras!
O Fidalgo

Sunday, April 16, 2006

E aqui está a imagem de D. Luís... Este é o retrato oficial do homem a quem deram o cognome de "O Popular"! Com uma imagem destas, fica tudo explicado... Monarquia volta...

A busca continua...

Continuei as minhas pesquisas pela Internet, sobre o monarca D. Luís e eis quando encontro isto no site da Real Associação de Lisboa, a quem desde já agradeço a gentileza das informações cedidas.

E agora? Vejam como algumas coisas mudam!!!! E é o mesmo homem... Em que é que ficamos? Quem fala verdade? Quem mente? Leia e diga o que pensa...


"O POPULAR" 32º REI DE PORTUGAL; 20º DUQUE DE BRAGANÇA

Nasceu em Lisboa a 31 de Outubro de 1838 no Palácio das Necessidades e morreu na Cidadela de Cascais a 19 de Outubro de 1889.
Até à morte de seu irmão, o rei D. Pedro V, era o Infante D. Luiz o 1º Duque do Porto e Duque de Saxónia. Destinado à carreira da Armada, após a conclusão dos estudos foi investido como comandante de um brigue e posteriormente da corveta Bartolomeu Dias.
Assume o governo e convoca Cortes em 1861, após a morte de seu irmão.
No reinado de D. Luiz realizaram-se grandes melhoramentos e importantes reformas, que muito contribuíram para o progresso material e moral da Nação:
Foi alargada a rede de estradas, de caminhos de ferro e de telegrafia eléctrica
Construíram-se as pontes de ferro sobre o rio Douro e
Construiu-se o Palácio de Cristal, no Porto
Aumentou-se a nossa marinha de guerra
Criaram-se escolas primárias, agrícolas e industriais, bem como bancos de crédito
Aboliu-se a pena de morte para os crimes civis, o que motivou uma carta de Vítor Hugo, grande escritor francês, a felicitar a Nação
Revogou-se a pena de trabalhos públicos na metrópole e a escravidão em todos os domínios do reino
Aumentou-se a nossa legislação com a publicação do Código Civil, etc..
O Governo de D. Luiz distinguiu-se ainda pelas grandes explorações cientificas que se efectuaram através do Continente Africano.
O Major de Infantaria, Alexandre Serpa Pinto, realizou a viagem de Luanda ao Natal em 1879 e os oficiais de Marinha, Hermenegildo Capelo e Roberto Ivens exploraram em 1885 todo o sertão de Moçâmedes a Quelimane, num percurso de 4 500 milhas. Estas viagens causaram a admiração na Europa e glorificaram o nome de Portugal.
Em Maio de 1886 a França assinou com Portugal um tratado, pelo qual era assegurado o exercício da nossa influência e soberania no território descoberto por aqueles notáveis exploradores (Serpa Pinto, Capelo e Ivens) e estabeleceu a ligação por terra, entre as duas zonas de Angola e Moçambique. Esse território é conhecido pela designação de "Mapa Côr-de-Rosa" por ser essa a côr que o evidenciava num mapa que apareceu apenso àquele tratado.
Em Dezembro do mesmo ano, assinava-se um novo tratado com a Alemanha em que esta potência também nos reconhecia os direitos que a França já nos tinha assegurado.
Verifica-se pelo exposto que o domínio sobre o "Mapa Côr-de-Rosa" estava portanto garantido.
Durante este reinado efectuaram-se na África Portuguesa diversas campanhas contra os indígenas rebeldes. Destacam-se as mais notáveis:
Em 1872 são os Demos derrotados pelo tenente-coronel Gomes de Almeida e Capitão Nunes da Mata.
Em 1874 foram submetidos os indígenas de Malange e Ambaca pelos Majores Teixeira Beltrão e Nunes da Mata.
No mesmo ano são subjugados os povos do Humbe pelo Capitão Pedro Chaves.
Em 1888 Augusto Castilho promove a campanha da Zambézia.
Em 1889 é aprisionado o régulo do Cubango pelo Tenente Artur de Paiva.
Ainda em 1889 João de Azevedo Coutinho submete os Macololos.
No seu reinado realizaram-se as pomposas cerimónias em 1880 que comemoraram o 3º Centenário da morte do poeta Luís de Camões.

O Fidalgo

Wednesday, April 12, 2006

D. Luís... O monarca que ninguém conhece...

Istro é aquilo que a wikipédia sabe sobre um dos Monarcas mais fascinantes da no História!!! Eu, um dia, vou trazer mais informações... É só esperar...

D. Luís I (31 de Outubro de 1838 - 19 de Outubro de 1889), de seu nome completo Luís Filipe Maria Fernando Pedro de Alcântara António Miguel Rafael Gabriel Gonzaga Xavier Francisco de Assis João Augusto Júlio Valfando de Bragança, foi o segundo filho da rainha Maria II da Glória e de Fernando de Saxe-Coburgo-Gotha. Luís herdou o trono depois da morte do seu irmão mais velho, Pedro V de Portugal em 1861. Ficou conhecido como O Popular; Eça de Queirós chamou-lhe O Bom.
Luís era um homem culto e de educação esmerada, como todos os seus irmãos. Não era, no entanto, um político e não soube ser o contra-peso nas intrigas e instabilidade política que se viviam no parlamento do reino. Durante o seu reinado, existiram vários governos oscilando entre o
Partido Progressista (liberais) e o Partido Regenerador (conservadores), sendo que este último tinha o favor do monarca.
D. Luís era principalmente um homem das ciências, com uma paixão pela
oceanografia. Investiu grande parte da sua fortuna no financiamento de projectos científicos e de barcos de pesquisa oceanográfica, que viajaram pelos oceanos em busca de espécimes.
Jaz no
Panteão dos Braganças, no mosteiro de São Vicente de Fora em Lisboa.
[
editar]

Descendência
De sua mulher,
Maria Pia de Sabóia, princesa da Sardenha e do Piemonte (1847-1911)
Carlos I, rei de Portugal (1863-1908)
Afonso de Bragança, Duque do Porto (1865-1920)

Luís, rei de Portugal

O Fidalgo

Tuesday, April 11, 2006

VII fESTA em risco!!!

Procuram-se patrocinios para o VII fEsta um dos maiores eventos culturais da cidade de Abrantes. A pequenez de algumas entidades empresariais locais está a dificultar a vida aos estudantes-artistas da Escola Superior de Tecnologia de Abrantes. Reconhecidos como os grandes embaixadores da Instituição, que os irá apoiar com um patrocinio, os membros da Tuna esperam agora por melhores noticias...

É de lembrar que este ano a Vicentuna (Lisboa) e a Infantina (Faro) são algumas das tunas convidadas a concurso... Uma selecção que mostra a qualidade que o fEsta já atingiu... Bom procuram-se patrocinadores... Ajude!!! Não se vai arrepender

Entre em contacto através do Blog, que entraremos em contacto consigo... A ESTATUNA, através da AEESTA, emite recibos.

Está feito o pedido...

Ajude, se puder!!!

O Fidalgo

Monday, April 10, 2006

A ESTATUNA ganhou no 9º Real Festa, festival de Tunas organizado pela Tum'Acanenica, o prémio de Melhor Passacalhes (???). Num festival onde a Vicentuna foi senhora e Rainha, e onde provou o pessecú de Abrantes, reinou a boa disposição de uma grande Tuna, com apenas 6 anos de existência.

Promete a todos os membros da Tum'Acanénica, em nome do Oráculo, dono e senhor deste Blog, que volto à cidade para fazer mais previsões... Há gente a quem não vi o futuro... Mas não vão perder por esperar...

Senhores e senhoras!!! Sejam felizes.

O Fidalgo
Para a Lia

Ria, sorria
Falava, andava.
Teu nome e teu rosto
Não me abandonava.
Prisão de cristal?
Prisão de lamento?
Numa palavra,
Todo o sentimento.


Arte, amar-te
Ver-te, desejar-te.
Num segundo teus olhos ver,
Numa eternidade, teus lábios esquecer.
Num pensar fugaz
Amor ou paixão?
Tanto faz!
Se a solidão,
Nada mais me traz.


Estrela matinal,
Sol da tarde longa,
Lua final,
De um poema em tua honra.
Um amor esquecido...
Quem sabe perdido?
Quem sabe recordação?
Ria, sorria
Falava, andava.
E da janela
Doce Lia,
Quando eu te via,
Não mais te esquecia...
Nada mais interessava!
O Fidalgo
"O Fidalgo" é um espaço onde todos têm opinião, sem censuras. Pelo "Fidalgo" vão passar textos criativos, artigos de opinião, algumas revelações... O Fidalgo está de olho e nada, neste triste República, vai ficar no mesmo sitio, agora que o Fidalgo chegou. Este blog também vai ser usado para passar mensagens aos meus colegas de Comunicação Social da ESTA!

Até um dia, que vai ser breve...

P.S. Este blog substitui o "real-realidade"!